Menu
Filosofia da biodiversidade - Andrea Borghini e Elena Casetta

Filosofia da biodiversidade

Andrea Borghini e Elena Casetta

O conceito de “biodiversidade” é extremamente intuitivo: a diversidade das forma de vida cerca-nos. Basta-nos olhar para un jardim, um parque ou um fundão no mar para nos apercebermos disso, e quando ouvimos falar de biodiversidade, mais ou menos todos nos entendemos. E contudo, a diversidade dos seres vivos é tào óbvia quào dificil de definir e analisar de modo sistemático e definitivo. O objectivo deste livro é introduzir o leitor nas principais questões filosóficas sobre a biodiversidade e esclarecer alguns aspetos conceptuais particularmente significativos e, por vezes, controversos, que emergem na definição, medição e conservação da biodiversidade.

Sumário

0 INTRODUÇÃO

1 A BIODIVERSIDADE

1.1 Um conceito elusivo

1.2 A classificação da biodiversidade

1.3 A descrição da biodiversidade

1.4 A conservação da biodiversidade

2 AS ESPÉCIES

2.1 A centralidade das espécies

2.2 Em busca de uma definição

2.3 Os principais conceitos de espécie

2.4 Há Espécie e espécies: um diagnóstico e a vida difícil do realista

2.5 O nominalismo

2.6 O pluralismo

2.7 Uma solução radical

3 BIODIVERSIDADES ANTROPOCÊNTRICAS

3.1 Comida e biodiversidade

3.2 Biodiversidade e biotecnologias

3.3 Conclusões

Bibliografia